Controladoria detecta fraudes em licitações em 55 municípios

JB Online

RIO - Somente cinco dos 60 municípios contemplados na 24ª edição do Programa de Fiscalização por Sorteios, da Controladoria-Geral da União (CGU), não apresentaram indícios de irregularidades em processos licitátorios. De acordo com a assessoria, o recordista de problemas nessa área foi o município paraense de Oeiras do Pará, onde os fiscais da CGU constataram problemas em todas as 31 licitações analisadas.

Não apresentaram problemas relacionados a licitações apenas os municípios de Fama, em Minas Gerais; Aparecida, na Paraíba; Santana de Parnaíba, em São Paulo; Mateiros, no Tocantis; e Guaíba, no Rio Grande do Sul.

Entre os 55 municípios que apresentaram indícios de irregularidades, como conluio e direcionamento nas licitações, está, por exemplo, Campim Grosso, na Bahia. Nesse município, os fiscais detectaram indícios de fraudes em três licitações, realizadas em 2005, para a execução de obras com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social, no valor de R$ 300 mil.