Ministério da Saúde libera R$ 3 milhões para o combate à dengue no Rio

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde vai liberar R$ 3 milhões para combater o mosquito Aedes aegypti no estado do Rio de Janeiro. Portaria publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União (DOU) informa que a verba será transferida em três parcelas até o mês de maio.

Segundo o texto, a liberação extra-orçamentária se deu em decorrência do aumento da incidência de casos de dengue no estado, principalmente entre crianças. A portaria determina que o dinheiro seja aplicado integralmente no atendimento dos pacientes infectados e no combate ao mosquito transmissor.

Outra determinação estabelece que o Fundo Nacional de Saúde adote medidas necessárias para a transferência, regular e automática do valor mensal para o Fundo Estadual de Saúde do Rio de Janeiro .

Além da dengue, o Aedes aegypti é o transmissor da febre amarela urbana aos seres humanos.

Este ano, mais de 32 mil casos de dengue, entre eles 44 fatais, foram registrados no município do Rio de Janeiro. No estado, 67 mortes foram contabilizadas.