Garibaldi prevê "semana difícil" no Congresso

Agência Senado

BRASÍLIA - Antes de dar início à reunião de líderes desta terça, o presidente Garibaldi Alves Filho fez um apelo ao governo para que esclareça o mais rápido possível o episódio da divulgação de um dossiê com gastos do governo Fernando Henrique Cardoso, pela Casa Civil, para que os senadores possam se dedicar ao trabalho legislativo.

- Se a ministra Dilma não puder comparecer, que mande uma pessoa que tenha condições de prestar os esclarecimentos que estão sendo solicitados - disse.

Na avaliação de Garibaldi, o Senado terá uma "semana difícil, complicada".

- Temos matéria para votar, mas estamos com a pauta trancada por cinco MPs.É preciso que, em uma hora como esta, possamos chegar a um consenso. Acho que a opinião pública está querendo mais trabalho do que briga no Congresso Nacional - enfatizou Garibaldi.