CPI dos Cartões Corporativos pretende convocar Dilma em plenário

JB Online

BRASÍLIA - Depois de ter tido dois requerimentos considerados importantes rejeitados na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos, a oposição pretende agora pedir a convocação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, em plenário.

- O presidente da Casa e a Mesa é que terão de decidir, mas tenho informação de que isso vai acontecer -disse a presidente da CPMI, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS). Na semana passada, a CPMI, de maioria governista, rejeitou a convocação de Dilma.

Além de insistir na convocação de Dilma, a oposição tem uma estratégia para tentar driblar a maioria governista da CPMI: vai apresentar requerimentos de informação à Mesa Diretora da Casa.

Outra estratégia que será usada pela oposição, segundo o vice-líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR), será aprovar requerimentos de informação na Mesa Diretora da Casa e não mais na CPMI. A idéia é, com base nas respostas desses requerimentos, encontrar indícios que sustentem processos de responsabilização civil e criminal no Ministério Público.

- Imagino que, adotando essa estratégia de aprovação de requerimentos pela Mesa e obtendo respostas que apresentem alguns indícios, é o que necessitamos para denunciar ao Ministério Público e propor a instauração dos procedimentos na investigação judiciária - disse Álvaro Dias.

O relator da CPI mista, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), disse que não vê motivos para as reclamações da oposição de que o governo passou o "rolo compressor" nas votações.

- A CPI hoje aprovou nove requerimentos de informação apresentados pela oposição. Ela está chorando por quê? Dos 13 requerimentos, nove vieram da oposição. Não há o que reclamar - disse.

Ele lembrou que há um requerimento sobre prestação de contas de ministros e cópia de notas fiscais dos últimos dez anos que ainda precisa passar por votação.

- Fica evidenciado de forma muito clara que não estamos protegendo nem perseguindo ninguém - disse.

Luiz Sérgio evitou comentar uma possível convocação de Dilma Rousseff no plenário do Senado.

- Falo pela CPI mista. Sobre o plenário do Senado e as comissões, prefiro não opinar.

Com informações da Agência Brasil