Aprovar reforma tributária este ano é "questão de honra", diz Lula

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que é uma questão de honra aprovar a reforma tributária ainda este ano.

- Tenho dito aos deputados que deve ser transformado em uma questão de honra eles aprovarem esse ano [a reforma tributária]. Não é possível, se estão todos de acordo, vai lá e vota, não há porque não votar. Vota o grosso e depois tenta consertar o que precisar - afirmou o presidente em discurso na reunião plenária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

Lula provocou os integrantes do CDES a debaterem a reforma política.

- Eu acho que é a mais importante de todas elas e não sei por que as pessoas não querem fazer, a gente percebe a fragilidade dos partidos, mas as pessoas não querem fazer - afirmou.

O conselho é formado por 13 ministros e 90 líderes da sociedade civil, que discutem questões nacionais e elaboram propostas que servem de base para as políticas públicas e programas do governo.