Temporão admite falhas no controle da dengue

Agência Brasil

RECIFE (PERNAMBUCO) - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, admitiu nesta quinta-feira falhas na prevenção à dengue no país.

- O combate à dengue é uma tarefa da sociedade. É evidente que, se a situação chegou onde está, alguma coisa no processo de controle falhou. Vamos ter que sentar e refletir onde aconteceram essas falhas - disse o ministro, ao final da palestra do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no fórum econômico Brasil-México.

Segundo Temporão, o governo federal vai trabalhar duro para que no ano que vem não se repita o que está ocorrendo agora no Rio de Janeiro.

Até o momento, o estado registra 54 mortes em decorrência da doença. No ano passado inteiro, houve 30 mortes por dengue no estado.

Para o ministro, a situação no Rio deve se normalizar nas próximas semanas.

De acordo com ele, nesta tarde as Forças Armadas anunciarão seu apoio ao gabinete de crise.

Temporão afirmou, ainda, que é obrigação do Estado orientar a população sobre o controle e prevenção à dengue.

- A população tem uma responsabilidade. Mas acho que é competência do Estado dar ao cidadão informação de qualidade, educação e condições para que a mobilização da sociedade tenha resultados práticos.