GO: Preso homem com 10 mil peixes em ambulância

Portal Terra

GOINIA - O motorista de uma ambulância da prefeitura de Aruanã, cidade goiana na divisa com Mato Grosso, aproveitou que teria de levar dois pacientes do Hospital Municipal de Aruanã para Goiânia e carregou o veículo com cerca de 10 mil filhotes de peixes ornamentais para serem entregues a um comerciante de Trindade, na região metropolitana de Goiânia.

Adão Rosa Queiroz saiu de Aruanã às 2h de hoje para fugir da fiscalização, mas, graças a uma denúncia anônima, o Batalhão Ambiental da Polícia Militar abordou a ambulância já na GO-070, em Goiânia, no começo da manhã.

Adão transportava os alevinos - de uma espécie popularmente conhecida como "foguinho" - em oito sacos plásticos cheios de água, na parte traseira da ambulância. Dividiam espaço com os peixes um homem e um menino de 4 anos, além da mãe da criança.

O motorista disse que tinha autorização da direção do hospital de Aruanã para fazer o transporte, e que estava fazendo um favor a um pescador da cidade, sem receber nada em troca.

Entretanto, ele foi preso em flagrante por crime ambiental e transporte ilegal, e, segundo a Polícia Civil, só sai da cadeia para responder ao processo em liberdade com o pagamento de fiança no valor de R$ 800. O Ibama também vai multar o motorista em R$ 710.