Dilma diz que não está preocupada com a CPMI dos Cartões Corporativos

JB Online

RECIFE - A Presidência da República não está preocupada com a CPMI dos Cartões Corporativos, garantiu nesta quinta-feira a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

- Nós estamos, em relação à CPMI, extremamente tranqüilos - afirmou a ministra ao final da cerimônia de inauguração de uma agência do Banco Asteca, em Recife.

Segundo Dilma Rousseff, os dados sigilosos também são auditados e aprovados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), apenas não são publicados no Portal da Transparência por questão de segurança.

- O sigilo está no fato de que certas coisas não se divulgam, o que não significa que não se audite, não se avalie e não se cheque cada um dos gastos - disse.

- Essa tentativa de banalizar as investigações, escandalizando o nada, é algo que não contribui para o país -completou.

A ministra ressaltou que todos os gastos desse governo e do anterior tiveram auditoria "absolutamente irrepreensível".

Questionada se o presidente Lula estaria disposto a abrir suas contas com cartão corporativo, ela disse que a decisão não depende da vontade do presidente.

- Nem abrir, nem fechar, pode ser decisão pessoal de ninguém. Abrir ou fechar é uma decisão institucional e, portanto, regulada por normas. Não é ato de vontade, infelizmente - afirmou.

Co informações da Agência Brasil