Presidente da CPI dos Cartões suspende sessão de amanhã

Portal Terra

BRASÍLIA - A presidente da CPI dos Cartões Corporativos, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), cancelou nesta tarde a sessão de amanhã da comissão, quando seriam ouvidos os ministros da Pesca e Aqüicultura, Altermir Gregolin, e do Esporte, Orlando Silva. Segundo ela, é impossível interrogar pessoas antes que os parlamentares tenham acesso a informações sobre o uso dos cartões corporativos.

- Como não aprovamos nenhum requerimento de pedido de informações nesta sessão de hoje, como estava previsto, não temos como ouvir pessoas sem esses dados. Portanto, eu vou suspender a reunião de amanhã e convocar uma para terça-feira, quando devemos aprovar os requerimentos de informação - explicou Marisa.

Na sessão de hoje, os parlamentares aprovaram apenas a convocação do chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Jorge Armando Félix, que está de férias e só retorna ao Brasil no início de abril. Em correspondência enviada à comissão, ele disse que atenderia a convocação apenas no dia 7 de abril. Os membros da CPI votaram também um requerimento de convocação da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, mas os governistas impediram a ida dela à CPI.

Marisa disse que a sessão de hoje da CPI mista "foi péssima", porque os parlamentares não conseguiram cumprir o prometido. - Não foi nem um pouquinho produtiva a reunião de hoje. Por isso, tive que suspender a sessão de amanhã - salientou. Ela se disse frustrada com os trabalhos da Comissão.