Chuvas deixam 5 mortos e isolam cidades na Paraíba

Michelle Sousa, Portal Terra

PARAÍBA - As chuvas caídas nos últimos dias em vários municípios da Paraíba provocaram a morte de cinco pessoas na noite desta quinta-feira e deixaram vários municípios isolados. Quatro das vítimas eram de uma mesma família e estavam num carro que foi arrastado com a ponte da estrada PB-148, que liga as cidades de Queimadas a Boqueirão, no agreste paraibano, a 165 km da capital João Pessoa.

No acidente morreram Maria Bonfim Bezerra, 37 anos, e os filhos Renata Bezerra da Silva, 13 anos, Manoel Bonfim, 4 anos, e Lucas Gabriel, de apenas 8 meses. O pai das crianças, uma das filhas do casal e um outro passageiro adulto conseguiram de salvar. A menina que sobreviveu foi encontrada por policiais em estado de choque presa a uma árvore. Um dos corpos foi achado a um km de distância do local do acidente.

- Só posso fazer é criar minha menina. Não posso fazer mais nada - lamentou Reginaldo da Silva, o pai das crianças, que está emocionalmente abalado.

A família morava em Campina Grande e estava viajando para passar o feriado em Boqueirão. Uma das filha do casal, completou 13 anos no dia da tragédia.

Já no município de Cabaceiras, o corpo de um adolescente não identificado foi encontrado. A cidade sofre inundação do Rio Taperoá. O rapaz teria pulado no rio e acabou arrastado pelas forças das águas. Açudes

Oito açudes existentes no interior da Paraíba atingiram o nível máximo de capacidade. Sete dos reservatórios estão localizados no Sertão do Estado, região geralmente atingida pela seca. O oitavo manancial é o de Boqueirão que, em apenas dois dias, registrou uma elevação de 2,91 metros da lâmina d'água.