Lula diz que problema migratório com Espanha é grave

Agência EFE

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira que o problema migratório com a Espanha é 'até mais grave' que o que o Brasil teve há alguns anos com Portugal, mas disse confiar em que haverá uma rápida solução à questão.

Lula conversou rapidamente com jornalistas junto ao presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Durão Barroso, de quem lembrou que, como primeiro-ministro de Portugal, 'ajudou muito' quando houve problemas migratórios entre ambos os países.

O chefe de Estado ressaltou que os obstáculos que tanto os brasileiros enfrentaram para entrar na Espanha como os espanhóis para ser admitidos no Brasil 'estão sendo tratados' com o Governo espanhol.

- Já estamos tratando a questão da migração com a Espanha. Durão Barroso nos ajudou muito quando tivemos problemas com Portugal, mas agora temos que tratar diretamente com a Espanha, porque é outro problema, até mais grave - ressaltou Lula.

O presidente disse que o assunto está nas mãos dos ministérios de Assuntos Exteriores dos dois países e apontou:

- Como somos amigos, tenho certeza de que os espanhóis têm pelo Brasil a mesma admiração que os brasileiros têm pela Espanha.

Lula indicou ainda que, como 'amigo pessoal do presidente (do Governo espanhol, José Luis Rodríguez) Zapatero', tem 'absoluta certeza de que isso será resolvido já'.