Governo trabalha no aperfeiçoamento da fiscalização do uso de cartões

Agência Brasil

BRASÍLIA - O governo federal já trabalha no aperfeiçoamento do sistema de fiscalização dos gastos de servidores públicos com cartões corporativos.

A informação foi dada pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, na audiência pública da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos.

Ele reconheceu que os excessos dos saques na boca do caixa "são anomalias" que devem ser corrigidas.

- Usar o cartão para saque é como usar uma conta tipo B. O saque tem que ser uma exceção - disse Paulo Bernardo, acrescentando que não existe, nesta quarta-feira, qualquer mecanismo de controle sobre a utilização dos recursos desta conta, utilizada para suprimento de fundos.

O ministro reafirmou a necessidade de uma nova legislação que estabeleça regras, ou até mesmo a extinção, das contas do tipo B.