Marta diz que Lula a apóia 100% se concorrer

Portal Terra

SÃO PAULO - A ministra do Turismo, Marta Suplicy, afirmou nesta segunda-feira no Rio de Janeiro que o presidente Lula disse a ela que lhe "apóia em 100%" caso sua decisão seja a de concorrer à prefeitura de São Paulo nas eleições de outubro. A ministra afirmou ainda que dia 5 de junho é seu prazo para tomar uma decisão e que está muito dividida.

- Tenho até o dia 5 de junho e estou muito dividida. É uma decisão difícil. Amo São Paulo e sei que posso ainda fazer muito pela cidade. Não pensava em voltar e agora estou repensando - disse Marta.

A ministra avaliou como bons os resultados de sua Pasta e que isto a anima a se manter no governo.

- É um Ministério que está muito bem, o setor gera muito emprego, muita renda - disse.

Marta desmentiu que sua possível candidatura esteja condicionada ao rompimento entre o Democratas e o PSDB, que devem lançar as candidaturas próprias do prefeito Gilberto Kassab (DEM) e Geraldo Alckmin (PSDB).

- Não é problema nosso - disse. - Minha decisão não depende deles.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na semana passada, em Araraquara, no interior de São Paulo, que não discute o assunto com os ministros.

- Só tenho o poder de tirar e colocar ministros, mas cada um tem a sua decisão e ela é unilateral - ressaltou o presidente.