Law Kin Chong deixa a prisão no interior de São Paulo

Portal Terra

SÃO PAULO - O empresário Law Kin Chong, dono de centros de compras que vendem artigos populares na região da rua 25 de Março, em São Paulo, saiu da Penitenciária 2 do Tremembé, a 138 km da capital paulista, às 14h30.

Law deixou o presídio em um Toyota Corolla, autorizado a entrar no local minutos antes pelos agentes penitenciários.

O advogado de Law, Miguel Pereira Neto, não quis informar o local exato para onde ele vai ser transportado, mas disse que inicialmente é para São Paulo.

Apontado pela Polícia Federal (PF) como o maior contrabandista do Brasil, o chinês estava preso em Tremembé desde novembro do ano passado. Ele foi preso acusado dos crimes de contrabando e descaminho. Na sexta-feira ele recebeu um habeas-corpus da Justiça Federal.

A mulher de Law e o advogado Miguel Pereira Neto estiveram já na noite de sexta-feira na penitenciária e não conseguiram a saída do chinês. Na manhã de sábado, eles retornaram e também não tiveram sucesso.