Rice conclui viagem ao Brasil com visita a projeto sociaal em Salvador

Agência EFE

SALVADOR - A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, concluiu nesta sexta-feira sua viagem oficial ao Brasil com visitas a projetos sociais e pontos turísticos de Salvador.

Rice deixou o Brasil pouco antes das 11h (horário de Brasília) rumo ao Chile, seu segundo destino na pequena viagem que faz pela América do Sul, que apenas incluiu os dois países.

A Secretária de Estado, que na última quinta se reuniu em Brasília com o presidente Lula e com o ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, visitou Salvador acompanhada pelos ministros da Cultura, Gilberto Gil, e do Turismo, Martha Suplicy.

Rice aproveitou a visita para conversar com as autoridades baianas sobre um projeto para promover o turismo étnico-afro de americanos à cidade.

Após uma primeira jornada diplomática, na qual foram discutidos assuntos como a recente crise na América do Sul pela operação da Colômbia em território equatoriano e a paz no Oriente Médio, o segundo dia da visita oficial de Rice ao Brasil teve um caráter mais turístico.

A funcionária americana assistiu na noite da última quinta a apresentações de capoeira e outras manifestações da cultura negra durante um jantar ao qual compareceram políticos, empresários e artistas baianos.

Hoje ela assistiu à apresentação de um coral na igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho.

Durante a visita, Gilberto Gil lhe mostrou as obras de preservação do centro histórico de Salvador.

A secretária também conheceu projetos sociais, o Museu Afro da Bahia, onde assistiu a uma apresentação do grupo Olodum.

Segundo o Governo baiano, as conversas entre Rice e o governador Jaques Wagner se centraram em projetos para incentivar o turismo étnico-afro, como a possibilidade de aumentar os vôos diretos dos Estados Unidos para Salvador.