Presidente pede prudência e responsabilidade no carnaval

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recomendou nesta segunda-feira aos brasileiros prudência e responsabilidade no carnaval.

Ele disse também que por conta do feriado prolongado, na semana que vem, a Polícia Rodoviária Federal fará a maior operação de toda sua história nas estradas brasileiras.

Em seu programa semanal de rádio Café com o Presidente, Lula lembrou a medida provisória assinada na semana passada que proíbe, a partir de 1º de fevereiro, a venda de bebidas alcóolicas nas rodovias federais e a classificou de necessária para evitar acidentes.

Era uma coisa que precisava ser feita. Faz mais de um ano que isso está sendo discutido dentro do governo, e nós chegamos à conclusão de que se algumas pessoas não agem com responsabilidade, o governo precisa ir com responsabilidade e criar mais dificuldades, justificou.

O presidente disse ainda que aproveitará o feriado de carnaval para descansar. Pretendo viajar no sábado e passar o carnaval fora, afirmou.

Por isso, o programa de rádio, em que ele fala sobre ações e projetos do governo, volta ao ar só no dia 11 de fevereiro.

Na edição de hoje do programa, que antecede o carnaval, o presidente Lula pediu responsabilidade. Eu não queria me despedir sem pedir ao povo brasileiro que gosta de carnaval que tome muito cuidado.

Eu acho que todo mundo tem o direito de brincar, de se divertir, mas é importante lembrar que na semana seguinte todos nós temos que trabalhar e cuidar das nossas famílias. Portanto, vamos nos divertir com responsabilidade, afirmou.

A MP que proíbe a venda de bebidas nas estradas determina uma multa de R$ 1,5 mil para o comerciante que descumprir a regra.

Se houver reincidência, o valor da multa será dobrado e o acesso ao estabelecimento pela rodovia será suspenso por dois anos.