Segundo assessoria, Lobão Filho assumirá vaga no Senado nesta semana

Agência Brasil

BRASÍLIA - O empresário Edison Lobão Filho (DEM-MA) assume na semana que vem a vaga aberta no Senado com a nomeação do pai, Edison Lobão (PMDB-MA), para o cargo de ministro de Minas e Energia. A informação é da assessoria de Lobão Filho, que acrescenta que ele chegará a Brasília na segunda-feira e apresentará à Mesa Diretora do Senado os documentos necessários para assumir o mandato de senador.

A assessoria informou também que Lobão Filho se desligará do DEM antes de tomar posse, o empresário ainda avalia a qual partido se filiará.

Segundo o presidente do DEM, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), não há nenhuma conversa prevista com Lobão Filho. Para Maia, é natural o pedido de desfiliação do suplente do ministro, uma vez que o partido se caracteriza pela oposição ao governo federal.

Sobre o suplente de Edison Lobão pesam as acusações de ter usado laranjas e de ser sócio oculto de uma distribuidora de bebidas no Maranhão que teria sonegado R$ 42 milhões nos últimos oito anos. O filho do ministro de Minas e Energia também é suspeito de ter se envolvido no funcionamento de uma emissora clandestina de televisão no interior do estado.