Romeu Tuma critica aumento de impostos

JB Online

RIO - O corregedor-geral do Senado, Romeu Tuma (PTB-SP), criticou nesta quarta-feira a decisão do governo de aumentar tributos para compensar o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

O senador disse que o governo não cumpriu o que teria prometido no fim do ano passado, quando se comprometeu a apenas cortar gastos e otimizar despesas e lembrou que a afirmação feita pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, de que o compromisso de não aumentar impostos teria sido válido apenas para 2007.

Na semana passada, o governo decidiu aumentar as alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e a Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos.

Para o corregedor-geral do Senado, essas medidas farão os consumidores pagar mais caro pelos produtos que adquirirem.