Minas tem primeiro caso de suspeita de febre amarela

JB Online

RIO - Minas Gerais registra primeiro caso suspeito de febre amarela em um pessoa na noite de terça-feira, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado. Técnicos da Fundação Ezquiel Dias estão analisando as amostras de sangue de um pecuarista que viajou do Acre para Belo Horizonte.

Apesar de apresentar todos os sintomas da doença, só será comprovado se é febre amarela daqui a dois dias quando sair resultado dos exames. Os sintomas são febre, dor de cabeça, mucosas, amarelamento dos olhos, da pele e da língua.

O Estado está em alerta desde que macacos foram encontrados mortos em Cabeceira Grande e Buritis, em Luislândia e Uberlândia. A maior preocupação é com os municípios na divisa com Goiás, onde 50 cidades estão em alerta.