Masp diz que recebeu pedido de resgate por obras

Portal Terra

SÃO PAULO -

A assessoria do Masp informou, nesta quarta-feira, que o museu recebeu um pedido de resgate de US$ 10 milhões pelas duas obras que haviam sido furtadas no último dia 20. O valor não foi pago pelo museu e os quadros foram recuperados ontem pela Polícia Civil.

As obras O Lavrador de Café, de Portinari, e O Retrato de Suzanne Bloch, de Picasso, foram encontradas em uma casa em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Hoje, os dois quadros retornaram ao museu.

Cerca de 30 viaturas, além de um helicóptero da Polícia Civil, fizeram a escolta do transporte das obras. Um caminhão-baú climatizado levou os quadros desde o Departamento de Investigação sobre o Crime Organizado (Deic) até o Masp.

Os quadros haviam sido furtados na madrugada do dia 20 de dezembro, quando ladrões arrombaram o portão principal do museu com um macaco hidráulico. O furto levou 3 minutos, das 5h09 às 5h12. Parte da ação foi gravada pelo circuito interno de TV.