Anchieta e Imigrantes têm 56 km de lentidão

Portal Terra

SÃO PAULO - A rodovia dos Imigrantes, que liga a capital paulista a Santos, apresenta trânsito lento por 34 km no sentido litoral. Os problemas estão entre os quilômetros 11 e 32, logo na saída de São Paulo e 39 ao 52. Já a via Anchieta, que também liga São Paulo à Baixada Santista, tem 22 km de lentidão, dos quilômetros 26 ao 31 e 42 ao 55, na pista sul, e do 38 ao 42, na pista norte, também no sentido litoral.

Já a rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Paraná, tinha 20 km de congestionamento no sentido do Sul do País às 9h10, devido a um tombamento de um caminhão tanque no quilômetro 548, segundo a Polícia Rodoviária. A previsão é de que a fila de carros aumente, pois há vazamento de combustível no local e a pista está totalmente interditada.

A previsão da Polícia Rodoviária é de que a Régis Bittencourt no sentido Paraná seja liberada somente às 10h, mas o congestionamento só deve acabar por volta das 14h. No sentido São Paulo, a rodovia apresenta tráfego tranqüilo.

Na rodovia Carvalho Pinto, que permite o acesso da capital ao litoral norte de São Paulo, o trânsito é lento, mas sem parada, dos quilômetros 127 ao 130. A via Ayrton Senna, que também faz parte da ligação entre São Paulo e o litoral norte, tem movimento tranqüilo. A Dersa, que administra estas estradas, prevê grande fluxo de veículos até às 13h deste sábado. A rodovia dos Tamoios, continuação da Carvalho Pinto e Dutra até Caraguatatuba, tem trânsito lento por toda extensão.

Nas vias Anhanguera e Bandeirantes, que fazem a ligação entre a capital de São Paulo e a região de Campinas, o trânsito é tranqüilo, com previsão de aumento de veículos até as 13h deste sábado.

Nas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, que vão da capital paulista até a região de Sorocaba, o trânsito é intenso, mas sem congestionamentos. O mesmo acontece na Fernão Dias, que liga São Paulo a Minas Gerais; e na Dutra, entre São Paulo e Rio de Janeiro.