Ministério das Cidades assina contratos para obras do PAC em Alagoas

Agência Brasil

BRASÍLIA - O governo de Alagoas e a prefeitura de Maceió receberam sinal verde para a realização de obras de infra-estrutura. O Ministério das Cidades, a Caixa Econômica Federal, o governo de Alagoas e a prefeitura da Maceió (AL) assinaram hoje (28) contratos para a liberação de R$ 289,4 milhões para ações de urbanização e saneamento.

Os investimentos com o governo estadual somam R$ 213,2 milhões. Desse total, R$ 181,73 milhões vêm do Orçamento-Geral da União, por meio do Ministério das Cidades. O governo estadual entrará com contrapartida de R$ 31,5 milhões. Ao todo, são nove projetos que beneficiarão os moradores de Maceió, Rio Largo (cidade próxima) à capital e Palmeira dos Índios (no norte do estado).

Com a prefeitura de Maceió, foi firmado um contrato de R$ 60 milhões para a urbanização de favelas, sendo R$ 51 milhões do Ministério das Cidades e R$ 9 milhões do município. Foram assinados ainda três contratos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS) no valor de R$ 16,14 milhões, dos quais R$ 14,14 milhões vêm do governo federal e R$ 2 milhões entram como contrapartida do município.

As obras na capital alagoana ajudarão a reduzir a poluição do Riacho Salgadinho e da Praia da Avenida. Também está previsto o saneamento do Vale do Reginaldo, comunidade carente de Maceió.

De acordo com o governo do estado de Alagoas, a primeira etapa das obras está prevista para começar em fevereiro de 2008.