PR: grupo de punks é preso após esfaquear mulher

Agência JB

RIO - Dezesseis punks foram detidos em Curitiba acusados de começar uma briga em uma lanchonete e de esfaquear uma mulher que tentava fugir, informou a edição deste sábado do Jornal Hoje.

A auxiliar de enfermagem Karina Letnar, 26 anos, foi internada no mesmo hospital onde trabalha em estado grava. Dos 16 detidos, quatro são menores. Um deles foi preso em flagrante acusado de homicídio.

A briga teria começado depois que o grupo de punks identificou skinheads dentro do estabelecimento. Segundo testemunhas, eles entraram atirando pedras e quebrando tudo.