Afastada vereadora que viajaria com verba pública

Portal Terra

BELO HORIZONTE - A Justiça de Matosinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, determinou o afastamento da presidente da Câmara Municipal da cidade, Alessandra Alves Pinto (PPS), e da diretora administrativa da Casa, Juliana Patrícia Campos. Segundo o Ministério Público, elas teriam praticado improbidade administrativa durante uma viagem a Buenos Aires.

Vereadores de diversos municípios do Brasil estariam viajando para o exterior com despesas pagas pelo dinheiro público com a desculpa de participar de congressos. Os eventos, no entanto, muitas vezes seriam desmarcados, tornando a viagem apenas turística.

Os promotores Tatiana Pereira e Geraldo Lopes alegaram no pedido de afastamento que a permanência das duas na Câmara dificultaria as investigações sobre o caso.