Governo do Pará anuncia saída de delegado e demolição de cadeia

Portal Terra

BELÉM - A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, anunciou nesta quarta-feira a saída do delegado-geral de Polícia Civil do Pará, Raimundo Benassuly, e a demolição da cadeia de Abaetetuba (PA), onde uma adolescente de 15 anos ficou apreendida com 20 homens, tendo sido vítima de maus tratos, violência e abuso sexual. A informação é da assessoria de imprensa do governo.

Benassuly afirmou na terça-feira, durante audiência no Congresso Nacional, que a jovem apreendida devia ter algum tipo de "debilidade mental" ao não manifestar a sua idade. Ele tentou se justificar dizendo que essa foi uma hipótese levantada porque ela já havia sido apreendida em junho deste ano.

A governadora considerou que o delegado "se expressou de maneira inadequada na audiência da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal" e disse que aceitou a saída de Benassuly por considerar "a sua permanência no cargo insustentável".

Com o afastamento, o delegado-geral-adjunto da Polícia Civil do Pará, Justiniano Alves Junior, assume o cargo de forma interina.

A governadora afirma ainda, em nota, que determinou a "imediata desativação e a demolição da área de carceragem da delegacia de Abaetetuba".

- Em seu lugar será construído um Centro de Triagem, com espaço físico para receber, em condições adequadas, presos masculinos e femininos - afirma o comunicado.