CCJ aprova relatório de Jefferson Péres que pede cassação de Renan

Agência JB

RIO - Relatório do senador Jefferson Péres (PDT-AM) no Conselho de Ética que recomenda a cassação de Ranan Calheiros (PMDB-AL) não contém vícios de legalidade, juridicidade e constitucionalidade conclui o senador Arthur Virgilio (PSDB-AM).

Virgílio é relator do processo por quebra de decoro parlamentar contra o presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros, entendeu que não há problema no andamento do caso e pediu nesta quarta-feira na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a admissibilidade do processo. A acusação contra Calheiros é de supostamente usar laranjas para comprar veículos de comunicação.

De acordo com as normas regimentais, o pedido de cassação foi submetido à CCJ, que avaliou a constitucionalidade da matéria e formulou um projeto de resolução que irá ao plenário.

Arthur Virgílio recomendou o envio da representação ao Plenário da Casa e a previsão é de que a votação seja na próxima semana. No parecer, o Virgílio faz um resumo da denúncia, desde o início do caso, quando a revista Veja publicou matéria denunciando o fato.

O advogado de Renan Calheiros, José Fragoso, participa da reunião nas CCJ.

Com informações da Agência Brasil.