Motorista supeito de racha se apresenta a polícia

Portal Terra

BRASÍLIA - O motorista Paulo César Timpone, um dos suspeitos de envolvimento em um racha que causou a morte de três mulheres, ocorrido em Brasília no final de semana, teria se apresentado na delegacia Lago Sul.

A prisão preventiva de Timpone já foi pedida. Segundo a reportagem, ele responderia a mais três processos por interceptação e um por falsidade ideológica.

A polícia também teria identificado o segundo motorista suspeito de participação no racha. O nome deverá ser mantido em sigilo para evitar que atrapalhe as investigações.

No sábado à noite, na ponte Juscelino Kubitschek, um dos carros que participava do racha bateu em outro veículo que estava na pista. O automóvel atingido acabou colidindo em um poste e atravessou a pista.

Com o impacto, três mulheres que estavam no banco de trás foram arremessadas para fora do carro e morreram na hora. Paulo César Timponi, suposto responsável pelo acidente, teria fugido sem prestar socorro.