Sabesp descarta racionamento de água em São Paulo

Portal Terra

SÃO PAULO - Apesar de o sistema Cantareira estar com apenas 33% da sua capacidade operacional, a companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) descarta racionamento de água. Em entrevista a rádio Jovem Pan, o presidente da estatal, Gesner de Oliveira, disse que a empresa está monitorando o sistema de abastecimento de São Paulo.

De acordo com Oliveira, este mês marca o fim da estiagem e o início do período de chuvas e que por isso é normal o nível dos reservatórios estarem baixos. Segundo ele, por enquanto não há necessidade de se tomar medidas adicionais, como o racionamento.