Juizados especiais: 1º atendimento termina em acordo

Portal Terra

SÃO PAULO - O Juizado Especial Cível no Aeroporto de Congonhas registrou, até as 18h30 desta segunda-feira, um atendimento. Já no Aeroporto Internacional de Guarulhos, haviam sido registrados 16 atendimentos.

O primeiro atendimento no posto de Guarulhos teve sucesso na conciliação. O consumidor fez um acordo com a companhia aérea TAM para ressarcimento das despesas gastas em decorrência de uma informação imprecisa e por perda de conexão em um vôo internacional.

O passageiro, que vinha de Belo Horizonte, queria remarcar a passagem para São Paulo, mas foi informado que deveria adquirir novo bilhete, quando não era necessário. Além disso, por perda de uma conexão, teve gastos com hospedagem, alimentação e transporte.

A companhia aérea reembolsará o cliente pela passagem e demais valores em cerca de R$ 500. Além disso, a empresa também se responsabilizou por eventuais custos acarretados pela mudança do vôo para os Estados Unidos, que é da companhia Delta Airlines.

Os juizados, que começaram a funcionar nesta segunda, atenderão às causas de overbooking (venda de bilhetes acima do número de assentos disponíveis nos aviões), atrasos e cancelamentos de vôos, extravio, violação e furto de bagagens, alimentação e hospedagem, entre outros.