Pnae libera R$ 137,5 mi para merenda escolar

Agência JB

RIO - O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) libera oitava parcela, referente a setembro, está disponível nas contas de estados e municípios. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) liberou R$ 137,5 milhões para atendimento de estudantes da educação infantil e do ensino fundamental, R$ 4,5 milhões para creches, R$ 1,8 milhão para escolas indígenas e R$ 837,3 mil para as unidades localizadas em áreas remanescentes de quilombos.

De acordo com a assessoria do FNDE, não receberam os recursos referentes à parcela de setembro 91 municípios. A suspensão do repasse se deve ao término do mandato dos conselhos de alimentação escolar desses municípios há mais de 90 dias, sem que tenham sido escolhidos novos integrantes ou prorrogados os mandatos, caso a renovação esteja previsto em estatuto.

Outros 119 municípios e três estados podem ter o repasse suspenso ainda este ano, uma vez que os mandatos dos conselhos venceram nos meses de junho e julho e até hoje não foi informada a nomeação de novos conselheiros ao FNDE.

O FNDE liberou ainda R$ 3,5 milhões para o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), R$ 146,5 mil para o Escola Aberta, R$ 324 mil para o Projeto de Melhoria da Escola (PME), R$ 5,7 milhões para o ProJovem e R$ 1,6 milhão para o Programa de Expansão da Educação Profissional (Proep).