Movimentos sociais pedem transparência nas concessões de rádio e TV

Agência JB

RIO - Manifestações pedindo transparência nas concessões de emissoras de rádio televisão serão realizadas em todo país, nesta sexta-feira, pela Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS) e pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Nesta sexta-feira, vencem as concessões públicas para exploração de 28 emissoras de TV e 153 de rádio, entre elas Globo, Bandeirantes, Record e SBT.

Em São Paulo, a partir do meio-dia, haverá concentração em frente à TV Gazeta, na Avenida Paulista. Os manifestantes passarão pelo Museu de Artes de São Paulo (Masp) e irão até o prédio do Grupo CBS, onde ficam várias emissoras de rádio. Eles entregarão a representantes dessas emissoras um contrato popular, com uma relação de compromissos a serem cumpridos, como a não-criminalização de movimentos sociais e a garantia de liberdade de expressão para todos.

Em Barra Mansa, no sul do estado do Rio, está programada para as 21 horas ato em defesa da transparência das concessões de rádio e TV. A manifestação será na sede do Sest-Senat. No domingo, dia 7, a partir do meio-dia, haverá panfletagem de jornais alternativos na Praia de Ipanema - Posto 9. Segunda-feira, a mesma atividade será repetida às 17 horas na saída do metrô, na Central do Brasil.