Polícia acha corpos de irmãos na mata em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Equipes do Centro de Operações Especiais (COE) do 3º Batalhão da Tropa de Choque da PM localizaram nesta terça-feira os corpos dos dois irmãos que estavam desaparecidos na Serra da Cantareira, em São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os corpos estavam no interior da mata. Os dois meninos foram mortos por um objeto cortante.

O capitão Luiz Renato Fiori, comandante do COE, disse que um dos corpos foi encontrado às 10h e o outro, por volta das 12h. Eles estavam a uma distância de 100 metros.

As duas crianças foram encontradas nuas. Segundo a polícia, próximo a um dos corpos tinha uma embalagem de preservativo. Também perto de um dos corpos havia uma ossada que, aparentemente, seria de uma criança. O material será levado para análise.

Nesta terça, três garotos procuraram os policiais e afirmaram que, no sábado, um homem teria feito menção de que estava armado e pediu para que eles o acompanhassem até o meio da mata. Esse homem teria tentado amarrá-los em árvores. Porém, essas crianças perceberam que o homem não estava armado e conseguiram fugir. Esses meninos levaram os policiais até este local. Lá, a polícia não encontrou nada, porém, eles ampliaram um pouco a área das buscas e localizaram os corpos dos dois irmãos Josenaldo José de Oliveira, 12 anos, e Francisco de Oliveira Neto, 15 anos.

As três crianças descreveram o homem que as abordou, e a polícia está à procura dele.

Os irmãos Oliveira sumiram próximo à Serra da Cantareira, no sábado, depois de avisarem a mãe que iriam colher frutas em um chácara localizada na mata.