Servidores usam faixas para protestar contra Mensalão

Portal Terra

BRASÍLIA - Um grupo pequeno de servidores do Ministério da Cultura compareceu em frente ao Supremo Tribunal Federal na tarde desta quarta-feira para pedir que o governo federal crie um plano de cargos e salários para a área da cultura. Eles levantavam duas faixas e em uma delas fazia uma crítica ao mensalão.

A faixa dizia: "em terra de mensalão, não tem para a cultura não", em referência ao caso de corrupção que é julgado na sede do STF nesta tarde. Eles entregam também um manifesto, intitulado "a cultura pede socorro", e informam que 92% do quadro funcional do ministério está prestes a se aposentar e 60% dos recém aprovados em concursos públicos não assumiram suas funções, pois pediram exoneração por causa da "baixíssima" remuneração oferecida.