MST bloqueia BR-153 e pede agilidade no assentamento de famílias

Portal Terra

SÃO PAULO - Cerca de 120 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do acampamento Simon Bolívar, do município de Promissão, a 20 km de Lins, no Estado de São Paulo, bloquearam nesta terça-feira a rodovia BR-153 que dá acesso à usina que será inaugurada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os sem-terra estão próximos ao aeroporto de Lins - localizado a cerca de 6 km da usina.

A assessoria de Lula busca alternativas para que a comitiva presidencial não passe pelo bloqueio. Uma medida seria uilizar uma estrada secundária e depois a rodovia Marechal Rondon (SP-300) e voltar novamente à BR-153, onde fica a usina.

O sem-terra fazem um protesto pedindo agilidade do governo para o assentamento das famílias acampadas na região, segundo um dos líderes do movimento, Adalto Aparecido.

Apesar do protesto do MST na rodovia, o maior líder do movimento em São Paulo, José Rainha Júnior, aguarda Lula no aeroporto.

A comitiva presidencial deve chegar a Lins, às 11h30, onde haverá a inauguração