Suspeito de queimar e matar padre é preso em Minas

Portal Terra

MINAS GERAIS - Um homem foi preso, neste sábado, dia 18, em Ilicínea, no sul de Minas Gerais, suspeito de matar o padre da cidade, Francisco Figueiredo, 85 anos. O corpo do religioso foi encontrado queimado no banheiro da casa paroquial, na última segunda-feira.

De acordo com as investigações, ele teria cometido o crime por vingança. Há cerca de um ano ele teria se desentendido com o padre durante uma confissão.

Segundo informações da polícia, a suspeita de acidente começou a ser afastada depois que Roberto Oliveira, 37 anos, foi detido. Durante a prisão, ele apresentou ter problemas mentais e comportamento violento, conforme parecer das autoridades.

Na segunda-feira, dia do crime, uma testemunha teria visto Oliveira caminhando em direção à casa paroquial com uma garrafa contendo um líqüido parecido com gasolina.

Os parentes de Roberto Oliveira também teriam reconhecido como sendo dele uma faca encontrada pela Polícia Militar em uma pia da casa paroquial.

O acusado teve a prisão temporária decretada pela Justiça e está detido em Boa Esperança, cidade vizinha a Ilicínea.