Para Jobim, Anac precisa de reestruturação completa

Agência Brasil

RIO - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou neste sábado que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) precisa passar por uma reestruturação completa. Jobim comentou, a pedido dos jornalistas, o fato de a Anac ter negado à Comissão Parlamentar de Inquérito do Apagão Aéreo na Câmara que seja oficial um documento que esteve disponível no site da agência na internet, recomendando o uso máximo de reversos durante aterrissagem em pistas curtas com chuva.

Em nota, a agência argumentou que as informações eram apenas para discussão interna e que não se tratava de uma norma já aprovada.

- Nós vamos examinar o assunto e verificar todas as responsabilidades. Queremos saber como isso funciona, o que mostra que há uma necessidade absoluta de reestruturação da agência. Se for provado alguma situação que caminhe para um problema administrativo, será aberto um inquérito administrativo - disse o ministro.

Jobim disse que não sabia da existência do documento e que só tomou conhecimento dele pela imprensa. Segundo reportagens veiculadas ontem e hoje, apesar de negar que se tratasse de uma norma, a Anac teria usado o documento com a recomendação do uso dos reversos para impedir que a Justiça impusesse restrições a pousos no Aeroporto de Congonhas (SP) em dias de chuva.

Neste sábado, o ministro participou da solenidade de entrega de espadins a 392 cadetes do primeiro ano da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende (RJ).