Saito diz que Aerolula não pode voar com reversor travado

Portal Terra

BRASÍLIA - O comandante da Aeronáutica, Juriti Saito, afirmou na tarde desta quarta feira, durante sessão da CPI do Apagão Aéreo na Câmara, que o Aerolula - também um Airbus A319 - não pode voar com um dos reversos pinados (travados). Segundo ele, essa é uma norma de segurança ao presidente da República.

O presidente da comissão, deputado Eduardo Cunha (PMDB-Rio) disse que, se a Airbus adota esse procedimento para o avião presidencial, deveria mantê-lo para todas as suas aeronaves.

- Se o avião do presidente não pode voar com um dos reversos pinados, a Airbus deveria adotar esse mesmo procedimento para suas aeronaves.

Claro que é normal ter uma norma de segurança para resguardar o presidente da República. Mas, como estamos falando de segurança de vôo, essa mesma norma deveria ser usada para assegurar a vida dos passageiros e evitar acidentes - argumentou Cunha.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais