Saito: Controladores poderão ser promovidos a oficiais

Portal Terra

BRASÍLIA - O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, disse na tarde desta quarta-feira, durante sessão da CPI do Apagão Aéreo na Câmara, que está em estudo a possibilidade de permitir que os sargentos controladores ascendam à carreira de oficiais da Aeronáutica. Hoje, eles podem chegar, no máximo, à patente de tenente-coronel. Com a mudança eles podem se tornar coronéis, desde que façam um curso de especialização em tecnólogo, de aproximadamente dois anos ao longo da carreira.

Os estudos para a mudança estão sob análise do Estado Maior da Aeronáutica e da coordenação geral de pessoal do Comando. Se for aprovada a proposta, passam a ser abertas até 40 vagas para oficiais da Aeronáutica. Hoje, a Aeronáutica abre no máximo cinco vagas para novos oficiais. Ainda não há prazo para conclusão desses estudos.

Essa é a saída encontrada pelo governo e pela Aeronáutica para atender as reivindicações salariais dos controladores.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais