Relator da nova representação contra Renan será designado

Agência Senado

BRASÍLIA - O presidente do Conselho de Ética, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), informou, após reunião com os três relatores do processo por quebra de decoro parlamentar contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) - Renato Casagrande (PSB-ES), Marisa Serrano (PSDB-MS) e Almeida Lima (PMDB-SE) - , na tarde desta quarta-feira, dia 8, que o relator da segunda representação por quebra de decoro contra Renan, enviada pela Mesa do Senado ao conselho na terça-feira, será designado até a quinta-feira, dia 9.

Na reunião, a comissão de investigação decidiu que as representações contra o senador Renan tramitarão separadamente, "com relatorias específicas e investigações específicas", conforme explicou o relator Renato Casagrande, para que não haja atrasos.

Ainda assim, Quintanilha disse não saber dizer se o colegiado será capaz de concluir o relatório da "representação número um" no prazo que havia sido estabelecido (final de agosto ou início de setembro), já que o conselho depende de novos documentos solicitados pela Polícia Federal para a conclusão da perícia, documentos estes que precisam ser enviados por outras instituições.

No entanto, Quintanilha disse acreditar que a abertura de processo investigatório contra Renan pela Procuradoria Geral da República concorrerá favoravelmente ao conselho.

- A mesma questão investigada na representação número um está sendo apreciada agora pelo Ministério Público. Isso facilita, porque o conselho poderá se restringir às questões pertinentes ao conselho, ou seja, à quebra de decoro. Isso vai permitir que nós agilizemos a solução do processo - disse o senador.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais