TCU aprova com ressalvas contas do governo federal

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou, por unanimidade, as contas do governo federal do ano de 2006. O relatório do ministro Ubiratan Aguiar faz, no entanto, 27 ressalvas e 21 recomendações ao exercício financeiro do governo Lula no ano passado.

Entre as ressalvas, estão a falta de controle das transferências voluntárias e o volume expressivo de convênios, contratos de repasse e termos de parceria com prestação de contas pendente.

Ao final da sessão, o representante do Ministério Público no TCU, Lucas Furtado, anunciou que entrará com representação pedindo a suspensão das transferências voluntárias até que sejam adotados critérios específicos.