Renan: Reunião da base termina sem escolha de relator

Portal Terra

BRASÍLIA - Fracassou mais uma tentativa do presidente do Conselho de Ética, Sibá Machato (PT-AC), de achar um relator para substituir Epitácio Cafeteira (PTB-MA) no caso do processo que corre contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Machado se reuniu com a base aliada nesta terça-feira, mas saiu do encontro sem uma definição. Diante das dificuldades, o novo nome pode ser anunciado apenas quarta-feira, dia marcado para a votação do relatório.

Nesta segunda, Machado teve que assumir a relatoria durante reunião do Conselho, já que não encontrou outro senador para o cargo. O problema maior é que o escolhido não poderá mudar o voto de Cafeteira, que pede o arquivamento do processo, independentemente do resultado da perícia nos documentos de defesa de Calheiros. Para mudar o voto, o Conselho terá que primeiro derrubar o relatório de Cafeteira.

- Se fosse uma função fácil todo mundo estaria querendo. Não vejo ninguém se articulando para ser relator - afirmou o líder do PSB na casa, Renato Casagrande (ES). - A dificuldade (em achar o relator) é porque Cafeteira pediu apenas o afastamento temporário e o novo relator apenas poderá acrescentar o resultado da perícia, sem fazer modificações - completou.

Inicialmente, a Polícia Federal marcou a entrega dos documentos para a manhã desta terça, mas eles ainda não chegaram e Sibá Machado estendeu o prazo para o final do dia.