Psol quer que Calheiros se afaste da presidência

Portal Terra

BRASÍLIA - Os parlamentares do Psol se movimentam no Congresso Nacional nesta terça-feira para convencer os senadores da necessidade de Renan Calheiros (PMDB-AL) deixar a presidência da Casa enquanto as investigações do Conselho de Ética não terminarem. O partido, autor da representação contra Calheiros, acredita que os trabalhos podem ser prejudicados com ele no cargo.

- Defendemos que ele renuncie à presidência porque ele exerce claramente uma influência inadequada nos trabalhos - disse Chico Alencar (Psol-RJ). Junto com Fernando Gabeira (PV-RJ), Alencar faz corpo-a-corpo com os senadores para pressionar que Calheiros deixe o cargo. Até agora, segundo eles, Jefferson Peres (PDT-AM) e Eduardo Suplicy (PT-SP) mostraram-se favoráveis à idéia, mas não apresentaram uma opinião conclusiva.

A votação do relatório de Epitácio Cafeteira (PTB-MA), que pede o arquivamento do processo contra Calheiros, está marcada para quarta-feira. Cafeteira, no entanto, está licenciado do cargo por motivo de doença. Seu substituto temporário deve ser nomeado ainda nesta terça.