Juizados federais de Curitiba realizam audiências de conciliação

Agência JB

CURITIBA - As varas dos juizados especiais federais de Curitiba realizam esta semana uma série de audiências de conciliação sobre processos relacionados à Previdência Social, visando agilizar os processos em trâmite na Justiça.

De acordo com o juiz Rony Ferreira, a Justiça Federal encaminhou ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cerca de 1,3 mil processos, dos quais 500 foram selecionados para as tentativas de acordo e a prioridade foi resolver as ações que envolvem aposentadoria por tempo de serviço, benefício assistencial ao idoso e aos deficientes, auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

- A conciliação não é modismo, mas uma necessidade urgente do novo poder Judiciário. Ela aparece como uma forma de pacificação nos conflitos, em que as próprias partes se encontram e constroem a solução -, disse Ferreira.

O juiz federal explicou que desde que os juizados especiais federais foram criados, mais de 5 milhões de pessoas ingressaram com ações, Desse total, 4,5 milhões tiveram os casos solucionados.

- Nós que somos formados em Direito sempre fomos estimulados a lutar e fazer com que o processo se arraste. A conciliação é uma nova tendência, e as faculdades de Direito terão que colocar em suas grades técnicas de conciliação concluiu.