Falha no Cindacta-1, em Brasília, gera caos nos aeroportos do país

Agência JB

RIO - Uma falha no centro de controle de tráfego aéreo (Cindacta 1) em Brasília, provocou a suspensão de todas as decolagens do Aeroporto Internacional Tom Jobim, a partir do início da noite desta terça-feira.

Segundo a assessoria da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), não há previsão para reinício das operações. O movimento ainda era tranqüilo às 18h20.

A falha também já atinge o Aeroporto de Congonhas, na Grande São Paulo. Vôos para Uberlândia, Belo Horizonte e Confins tiveram que ser suspensos, enquanto aeronaves para o Centro-oeste, Nordeste e Norte do país estão decolando com intervalos de cerca de 30 minutos, o que tem causado atrasos em pelo menos 22 estados.

A Aeronáutica informou não saber ao certo o que causou a falha no Cindacta-1.