Alencar diz que defende reajuste de até 140% a funcionários

Agência JB

RIO - O vice-presidente da República, José Alencar, disse nesta terça-feira que defende o reajuste de até 140% concedido pelo governo federal a funcionários que ocupam cargos de confiança, ou seja, sem admissão por meio de concurso público. Os índices de reajuste variam de 30,57% a 139,75%, conforme o cargo.

- Desde o século passado que o salário é o mesmo. Você não tem como competir com os técnicos do setor privado".

A declaração foi dada em rápida entrevista, depois de participar da cerimônia de posse de Roberto Mangabeira Unger na Secretaria de Planejamento de Longo Prazo.

Entre os que terão aumento estão secretários especiais da Presidência da República e comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica, que ocupam cargos de natureza especial.

Também terão reajuste técnicos e chefes de áreas operacionais que ocupam cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS), além dos que ocupam cargos de Direção das Instituições Federais de Ensino (CD) e cargos comissionados nas agências reguladoras.