AIDS: Seminário Nacional de Adesão discute diretrizes nacionais

Agência JB

RIO - Discutir as diretrizes nacionais para fortalecer as ações de adesão das pessoas que vivem com HIV e aids ao tratamento anti-retroviral no Brasil é o principal objetivo do Seminário Nacional de Adesão, realizado pela Secretaria de Vigilância em Saúde, nesta terça-feira em Brasília.

De acordo com o diretor adjunto do Programa Nacional de DST e Aids, Eduardo Luiz Barbosa, as estimativas apontam que 600 mil pessoas sejam portadoras do vírus, mas apenas 180 mil estão em tratamento. Ele afirma que o mais importante é fazer com que as estratégias e relatos expostos possam ser replicados em âmbito nacional, estadual e municipal.