FHC diz que etanol não é solução para os problemas do mundo

Portal Terra

SÃO PAULO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) afirmou nesta terça-feira, durante o São Paulo Ethanol Summit 2007, evento internacional sobre etanol, realizado na capital paulista, que "o etanol não é solução para todos os problemas do mundo".

- O etanol é uma coisa importante, que vem se aperfeiçoando no Brasil. Hoje, dispomos de tecnologias, de terras e de condições favoráveis. Mas o etanol não é a solução para todos os problemas do mundo. A questão do efeito estufa depende de um conjunto de forças. O etanol não vai substituir o diesel, o querosene dos aviões e não vai gerar energia elétrica - disse.

FHC também afirmou que é necessário estudar um zoneamento, para que o cultivo de cana não ocupe espaços essenciais para a agricultura do País.

- Precisamos ver qual é o zoneamento, porque o etanol pode trazer resultados negativos se não tiver o local apropriado para o cultivo da cana. Se não houver um equilíbrio entre a grande agricultura e a familiar. Isso tudo é política.

O ex-presidente sugeriu como solução a criação de uma secretaria de energia, que fiscalizasse a produção de etanol. Na segunda-feira, o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse no Ethanol Summit 2007 que, por enquanto, o governo não tem nenhum projeto de criação. Apesar de achar uma boa idéia, Stephanes acredita que precisa ser amadurecida.