Anatel lacra mais uma rádio pirata em São Paulo

Portal Terra

SÃO PAULO - A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) lacrou na madrugada deste sábado, na zona sul de São Paulo, mais uma rádio pirata, que segundo os técnicos, interferiam na comunicação do aeroporto de Congonhas. A rádio estava localizada no Jardim ngela, na zona sul da cidade. Cinco pessoas foram detidas e o equipamento de transmissão foi apreendido.

Na última quarta-feira foi localizada e interrompida a rádio "Gospel". Acionada pela Aeronáutica, na segunda-feira, a Anatel buscava a localização da fonte emissora da interferência na faixa de freqüência aeronáutica.

Localizada no bairro do Grajaú, zona sul de São Paulo, a emissora também era conhecida como "Virtual FM" e operava em 103,5 MHz. A potência do transmissor apreendido é de 300 watts. Os agentes da Anatel compareceram ao 85° Distrito Policial para as providências quanto à apreensão do equipamento.

A lei estabelece que as rádios comunitárias tenham potência de, no máximo, 25 watts e altura do sistema irradiante não superior a 30 metros. O funcionamento de uma rádio comunitária depende de outorga para a exploração do Serviço de Radiodifusão Comunitária.