Furacão: relógios apreendidos somam R$ 2 mi

Portal Terra

BRASÍLIA - Os 161 relógios apreendidos pela Polícia Federal na Operação Furacão valem R$ 2,17 mi, concluiu o Instituto Nacional de Criminalística.

O mais caro é um Rolex de R$ 258 mil. O segundo é um Rolex do modelo feminino Cellini, avaliado em R$ 160 mil.

A peça mais barata, sem marca informada, custa R$ 540 na loja. Entre as peças analisadas, oito foram considerados relíquias.