Navalha: conselheiro do TCE de SE pede afastamento

Portal Terra

BRASÍLIA - O conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe Flávio Conceição pediu afastamento do cargo nesta quinta-feira. Ele foi um dos 48 detidos pela Polícia Federal na Operação Navalha por suspeita de envolvimento com o esquema de desvio de dinheiro público desmantelado em 17 de maio.

De acordo com as investigações, Conceição, que foi chefe da Casa Civil durante o governo de João Alves Filho, teria recebido propina para atuar em favor da construtora Gautama. Mesmo no Tribunal de Contas, ele teria ajudado o esquema pedindo a liberação de recursos devidos à empreiteira. Ele negou as acusação em depoimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Mais cedo, outro suspeito, o secretário de Infra-estrutura do Maranhão, Ney de Barros Bello, também pediu exoneração do cargo. O pedido foi aceito pelo governador Jackson Lago.